Filed under Artes Visuais no Brasil I

Artigo publicado –

Caros alunos, O artigo que lemos uma versão acaba de ser publicado. Para conhecimento: VIVAS, Rodrigo; GUEDES, Gisele. Da Narrativa comum à História da arte: Uma proposta metodológica. Art&Sensorium – Revista Interdisciplinar Internacional de Artes Visuais da Unespar/Embap – Vol.02 – N°01

Seleção de Bolsa de Pesquisa

Seleção para Bolsa de Pesquisa para alunos da UFMG: Projeto: Memória das Artes Visuais de Belo Horizonte​ Cursos: Artes Visuais, História, Conservação, Museologia, Arquitetura e áreas afins; Área da Pesquisa: História da Arte em Belo Horizonte Dedicação: 20 horas semanais Maiores informações sobre o Projeto: http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4176830120741602 http://www.rodrigovivas.com Enviar currículo para rodvivas@gmail.com Data limite: 19 de … Continuar lendo

Rafael Detomi Wolbert – Kandinsky, Wassily. Murnau – Paisagem Estival.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES – DEPARTAMENTO DE ARTES PLÁSTICAS DISCIPLINA: CRÍTICA DAS ARTES VISUAIS PROFESSOR: Rodrigo Vivas ALUNO: Rafael Detomi Wolbert DATA: 19/05/2015 Kandinsky, Wassily. Murnau – Paisagem Estival. Kandinsky: Tudo começa num ponto. Galeria do CCBB, Belo Horizonte, Maio 2015. A obra Murnau – Paisagem estival de Wassily Kandinsky … Continuar lendo

Vasily Kandinsky, Mulheres no bosque ( Kirche ), 1907. Xilogravura – GABRIELLA SANTOS GONZAGA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES – DEPARTAMENTO DE ARTES PLÁSTICAS DISCIPLINA: ARTES VISUAIS NO BRASIL I PROFESSOR: RODRIGO VIVAS ALUNA: GABRIELLA SANTOS GONZAGA OBRA: Vasily Kandinsky, Mulheres no bosque ( Kirche ), 1907. Xilogravura A obra escolhida de Kandinsky se apresenta uma gravura como modalidade artística, pois se constituía de um … Continuar lendo

MARINA FERREIRA TAVARES – Quadro com Pontas

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES – DEPARTAMENTO DE ARTES PLÁSTICAS DISCIPLINA: ARTES VISUAIS NO BRASIL II PROFESSOR: RODRIGO VIVAS ALUNA: MARINA FERREIRA TAVARES     A obra “Quadro com pontas” de 1919, é uma pintura que teve como material a tinta à óleo, e como base a tela. A conclusão tirada pós … Continuar lendo

Artur Mesquita Bicalho – No Branco de Kandinsky

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE BELAS ARTES – DEPARTAMENTO DE ARTES PLÁSTICAS DISCIPLINA: ARTES VISUAIS NO BRASIL II PROFESSOR: Dr. Rodrigo Vivas ALUNO: Artur Mesquita Bicalho  No Branco Wassily Kandinsky A obra No Branco, feita por Wassily Kandinsky em 1920, é uma pintura à óleo, fato perceptível não só pela variedade de tratamentos … Continuar lendo

Aula do dia 13 de maio

Caros alunos e demais interessados em História da Arte na década de 1960 No próximo encontro receberemos a Pesquisadora Nelyane Gonçalves Santos. Mestre em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais defendeu a dissertação: A HISTÓRIA DA ARTE DE BELO HORIZONTE A PARTIR DE OBRAS DOS SALÕES MUNICIPAIS ENTRE 1964 E 1968. A palestra será aberta … Continuar lendo

Luiz Pontel – O Rio no Verão – 1901 – 1903

A obra O Rio no Verão, de Kandinsky, é uma pintura à óleo, com um aspecto levemente brilhante que faz parecer tinta acrílica quando vista de longe, é necessária uma aproximação para se notar certas particularidades da tinta a óleo, como a vibração mais contida em áreas com menos texturas e uma dissolução mais característica … Continuar lendo

Aula do dia 15 de maio –

Caros Alunos, A nossa próxima aula será no Centro Cultural Banco do Brasil. É necessário a leitura do texto abaixo para a aplicação da metodologia apresentada. Vocês podem começar a visita e nos encontraremos para discutir as obras, VIVAS, Rodrigo; MAV. Da narrativa comum à história da arte acadêmica: uma proposta metodológica. Abraços do Vivas

Aula do dia 15 de abril

Estão disponíveis os textos no moodle para a próxima aula:   OLIVEIRA, Myriam Andrade Ribeiro de. A imagem religiosa no Brasil. In: __. Mostra do redescobrimento: Arte barroca. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2000. NAVES, Rodrigo. Debret, o Neoclassicismo e a escravidão. In: A forma difícil: ensaios sobre arte brasileira. São Paulo: Ática, … Continuar lendo

    E novamente a cena adquire um equilíbrio manso, presa de um jogo de forças muito incipientes, incapazes de produzir uma estabilidade resultante de um confronto poderoso. Dessas relações frágeis decorre em parte a graça que pontua toda a aquarela. Livres de uma trama que os magnetize com força, os. meninos — sobretudo os … Continuar lendo

“Mas quando atentamos para o modo como a aquarela foi realizada, sobressai mais o afastamento em relação ao padrão francês do que a possibilidade de sua efetivação em terras coloniais. De saída, chama a atenção a total ausência de uma linha de força que dê ao desenho direção e movimento.(NAVES, 1996, p. 42)

Jean Baptiste Debret. O primeiro impulso da virtude guerreira, 1827. Aquarela sobre papel, 15,2 x 21,5 cm. Museu da Chácara do Céu, Rio de Janeiro. (Desenho não utilizado na Viagem pitoresca e histórica ao Brasil.)

  “Pictoricamente, essa ação virtuosa deveria se mostrar como forma ideal, capaz de submeter a seu império todo o sensível. Uma ordenação forte e unívoca seria o índice de uma vontade reta, distante da sedução dos sentidos e dos riscos da ambigüidade. O recurso a uma temática edificante — em geral tirada dos feitos de … Continuar lendo

Aula dia 25 de fevereiro

OLIVEIRA, Myrian Andrade Ribeiro de. O Rococó religioso no Brasil e seus antecedentes europeus. São Paulo: Cosac & Naify, 2003. p. 1 – p. 38 1) Introdução 2) Capítulo 1 – Historiografia 3) Capítulo 2 – A França e o Rococó. Origens, Características e evolução do estilo

Programa de Curso considerando Artes Visuais no Brasil I

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Belas Artes Departamento de Artes Plásticas Disciplina: Artes Visuais no Brasil I Prof. Dr. Rodrigo Vivas Ementa: Concepções e manifestações da Pré-História brasileira, da colonização portuguesa e do Brasil oitocentista Conteúdo programático: Estudo da arte brasileira desde suas origens pré-cabralinas, suas manifestações coloniais, e suas relações com a … Continuar lendo

Avaliações.

AVALIAÇÕES E NORMAS   1) Presença: a) Serão realizadas duas chamadas. O aluno que não chegar pontualmente na primeira chamada poderá responder a segunda normalmente. Modalidade 1: Seminário e Trabalho Final b) Seminários O aluno poderá escolher a modalidade de seminário, mas deverá levar em consideração os seguintes aspectos: 1) O aluno terá que apresentar … Continuar lendo

Programa 2012

Universidade Federal de Minas Gerais Escola de Belas Artes Departamento de Artes Plásticas Disciplina: Artes Visuais no Brasil I Prof. Dr. Rodrigo Vivas Ementa: Concepções e manifestações da Pré-História brasileira, da colonização portuguesa e do Brasil oitocentista Conteúdo programático: Estudo da arte brasileira desde suas origens pré-cabralinas, suas manifestações coloniais, e suas relações com a … Continuar lendo